08/12/2011

Termogênicos


Verão chegando, a procura por termogênicos e queimadores de gordura é intensa. Afinal, os corpos estão mais à mostra.

Então sempre me perguntam, qual é o melhor termogênico do momento. Não vou dar a resposta, mas vou listar os componentes (na maioria ervas e plantas) de dois produtos muito procurados no mercado, que são o Oxyelite (USP Labs) e o Redline UltraHardcore (VPX).

Oxyelite:

Bauhinia purpúrea: associada a processos antibactericida, analgésico, antiinflamatório e estimulante da atividade dos hormônios da tireóide.


1,3 dimethylamylamine: mesmo estimulante encontrado no Jack3d, estimula produção de adrenalina e a mobilização de gordura.Bacopa monnieri: planta utilizada no tratamento de epilepsia e asma, além de melhorar a atividade cerebral e anti-oxidante.

Cirsium oligophyllum - potencializa o efeito termogênico da cafeína ou outras xantinas.


Redline UltraHardcore



Cafeína – estimulante do sistema simpático, contribui para mobilização de ácidos graxos (gorduras).

Trans-resveratrol – ajuda a diminuir os níveis de LDL (colesterol “ruim”) e aumentar os níveis de HDL (colesterol “bom”).

1,3-di-n-propyl-7-propargylxanthine: análogo da cafeína, cerca de 100% mais potente na questão da mobilização de ácidos graxos.

Guggul Extract – ação anti-infamatória, prevenindo doenças vasculares; usado também no tratamento de doenças cardíacas onde há lesão nas células do miocárdio.

3'-5'-cyclic adenosine monophosphate (cAMP) – correlacionado á regulação do metabolismo de glicogênio (estoque de glicose muscular), açúcares e lipídeos (gordura).

Uridine 5´-Monophosphate – melhora função cognitiva, relacionada á melhora do foco durante atividade física.

Chinese club moss – também melhora foco e a função cognitiva, muito utlizado em doenças relacionadas à memória, como mal de Alzheimer. Além de possuir ação diurética.

Supra-Amine Apple Geranium (Pelargonium odoratissimum): correlacionado à processos anti-inflamatórios (como formação de placas de gordura nos vasos).

1,3-Dimethylpentylamine: Mesmo estimulante encontrado no jack3d

B-Methylphenylethylamine HCl: relacionado tanto ao foco como sensação de bem-estar, pois produz dopamina.

3,5-diiodo-L-thyronine: estimula a produção de hormônios da tireóide e do hormônio do crescimento, ambos de ação lipolítica, ou seja, “queimadores de gordura”.

Yohimbina: esse é um composto muito interessante. Como muitos já devem ter ouvido falar, o organismo tem uma capacidade limitada de queima de gordura. Dentre outras causas, uma delas é a atividade dos receptores alfa do tecido adiposo, que inibe a mobilização de gordura. A Yohimbina atua inibindo esses receptores, “protegendo” a queima de gordura. Por isso, a ação do termogênico é potencializada a partir do momento que não apenas estimula a lipólise, mas também a protege.

Agora você mesmo, tire suas conclusões qual dos dois tem mais propriedades termogênicas, ou seja, para queima de gordura.

Bons Treinos!

26/10/2011

Whey promove maior perda de gordura quando comparada à proteína de soja


Um recente estudo, do Journal of Nutrition publicado em Fevereiro, demonstrou que o consumo de Proteína do soro do leite (Whey protein) promove maior perda de gordura quando comparada à proteína de soja. O grupo que consumiu whey protein (em torno de 56 gr/dia) apresentou maior diminuição na gordura corporal e da circunferência abdominal.
Os autores justificam essa diferença pelo fato do whey diminuir a secreção de grelina, um hormônio ligado ao apetite; maior liberação de hormônios da tireóide, comum em dietas com maior concentração de proteína em relação a carboidratos; além da maior concentração de leucina na proteína do soro do leite, responsável por aumentos na síntese protéica, manutenção da massa magra e, consequentemente, do metabolismo.
Eu sempre afirmei que o whey protein não é uma simples proteína. Desde quando comecei a pesquisar sobre ela, digo que ainda muitos outros benefícios correlacionados a sua ingestão vão ser demonstrados. Tanto que, há anos, é o suplemento “básico” para quem deseja tanto aumentar massa muscular como perder gordura. O interessante também são os efeitos que se tem pesquisado de um aminoácido específico, a Leucina. Na prática, tanto em clientes da loja, quanto em alunos particulares, temos obtido resultados muito interessantes na perda de gordura e no ganho de massa muscular. Clientes e alunos com objetivo de emagrecer apresentam um bom aumento de massa magra simultaneamente (algo que não é tão simples assim). Claro que não se pode deixar de lado a dieta e a dedicação ao treinamento.

Bons Treinos!

David J. Baer, Kim S. Stote, David R. Paul, G. Keith Harris, William V. Rumpler, and Beverly A. ClevidenceWhey Protein but Not Soy Protein Supplementation Alters Body Weight and Composition in Free-Living Overweight and Obese AdultsJ. Nutr. 141: 1489–1494, 2011

24/10/2011

Redline Ultra Hardcore

Olá, amigos. Já que o verão está chegando, vejam o vídeo do termogênico da VPX, Redline Ultra Hardcore:

23/09/2011

Gaspari MyoFusion

Blend de Proteínas da Gaspari Nutrition, com proteínas de absorção rápida (whey), intermediária (albumina) e lenta (caseína). Ideal para recuperação musculação e ser usada tanto pós-treino como em outros momentos do dia, afim de manter um suprimento constante de proteínas ao organismo.



18/09/2011

Comunicado

Nessa segunda-feira, véspera de feriado, Maxximum Suplementos com horário reduzido, das 13 às 19 horas.

09/09/2011


A Casa Madam Exceed Yourself está oferecendo uma cortesia aos clientes e amigos da Maxximum Suplementos Alimentares. Nesse sábado, dia 10/09 vai rolar uma grande festa com o Dj Romullo Azaro e temos aqui convites que dão direito a desconto na entrada. É só passar e pegar o seu!

05/09/2011

Resultados


Pessoal, aqui está o resultado após o uso do pré-treino Assault.
Foi de aproximadamente 1 mês e 15 dias.

29/08/2011

Termogênico Ripped Juice

Um dos termogênicos mais badalados no momento nos EUA:

Nutrabolics Hemorush

17/08/2011

Entendendo os pré-treinos - Parte 03 - O Efeito volumizador



O Glicerol é um dos principais componentes dos pré-treinos responsável pela “volumização” muscular. É uma substância altamente hidrofílica, que leva mais água para os vasos sanguíneos e músculos, amplificando o “pump” e melhorando o transporte de nutrientes. O glicerol consegue entrar na célula muscular e atrair água, facilitando o transporte de aminoácidos para dentro da célula e síntese protéica. Então, para praticantes de musculação, o glicerol é benéfico pelas seguintes razões:

Reposição dos estoques de glicogênio

Com a ingestão concomitante de carboidratos, os níveis séricos de açúcar no sangue são suprimidos em 50% sem alterações nos níveis de insulina, ou seja, se retém mais glicogênio muscular, aumentando a captação de glicose e diminuindo a possibilidade de estocá-la sob forma de gordura.

No estudo clássico de Todd e Allen (1958), realizado em ratos, tanto o glicogênio muscular quanto o hepático aumentou na amostra suplementada com glicina. Além da maior velocidade com que os estoques foram repostos após o exercício. No estudo de Varnier e colaboradores (1995), a suplementação de glicina + glutamina + alanina contribuiu para aumentos significativos na concentração de glicogênio muscular em humanos.


Isso se deve, ao estímulo da glicina na atividade da enzima glicogênio sintetase (que atua na reposição do glicogênio) (Hernández e colaboradores, 2008) e na supressão na atividade de uma outra enzima, a glicogênio fosforilase (que atua na depleção do glicogênio) (Wright e colaboradores, 2005).

Aumenta a absorção de creatina, já que a captação de creatina é mediada também pela glicose e pela insulina, a glicina também contribui para isso.

Melhora atividade do Sistema Nervoso Central. A glicina inibe neurotransmissores que causam hiperatividade e ansiedade, sendo um bom suplemento pós-treino para quem treina de noite e dorme logo depois.

Referências:

Hernández F, Gómez-Ramos A, Goñi-Oliver P, Avila J, Villanueva N. Role of polyglycine repeats in the regulation of glycogen synthase kinase activity. Protein Pept Lett. 2008;15(6):586-9.

W. R. Todd and Marilouise Allen. Synthesis of Tissue Glycogen in Rats Prefed Diets With Added Glycine. American Journal of Physiology, 194:(2) 338-340. 1958.

Varnier M, Leese GP, Thompson J, Rennie MJ. Stimulatory effect of glutamine on glycogen accumulation in human skeletal muscle. Am J Physiol. 1995 Aug;269(2 Pt 1):E309-15.

Wright SW, Rath VL, Genereux PE, Hageman DL, Levy CB, McClure LD, McCoid SC, McPherson RK, Schelhorn TM, Wilder DE, Zavadoski WJ, Gibbs EM, Treadway JL. 5-Chloroindoloyl glycine amide inhibitors of glycogen phosphorylase: synthesis, in vitro, in vivo, and X-ray crystallographic characterization. Bioorg Med Chem Lett. 2005 Jan 17;15(2):459-65.

04/08/2011

Entendendo os pré-treinos - Parte 02 - O Efeito vasodilatador

.

O efeito vasodilatador é talvez um dos mais proeminentes de pré-treinos de boa qualidade, tornando a arginina (potente vasodilatador) num dos ingredientes principais desses produtos. Embora alguns produtos sejam vendidos como “óxido nítrico” ou NO-, não é propriamente o NO que está sendo vendido, até porque o mesmo é um gás.

O que ocorre é que nosso organismo produz naturalmente o óxido nítrico a partir da L-arginina. Essa reação ocorre nos vasos sanguíneos, no endotélio. Então, a partir do aminoácido L-arginina, é produzido L-citrulina e NO. O NO então provoca um relaxamento, dilatando os vasos sanguíneos e um efeito hipotensor (diminuição da pressão arterial). A título de curiosidade, a descoberta das propriedades do óxido nítrico na década de 80, lhe renderam o título de “molécula do ano” em 1992 pela Revista Science e foi criada uma revista científica somente para a publicação de estudos sobre essa molécula.

Durante o exercício, produzimos naturalmente óxido nítrico pelo estresse de cisalhamento do sangue no endotélio dos vasos sanguíneos. O propósito da suplementação de arginina é fornecer mais reagente para a produção de NO.




Mas, além do efeito visual e hipotensor, qual seria o propósito do uso de L-arginina no que se refere ao treinamento de força?

Segundo Paddon-Jones e colaboradores (2004), a arginina, combinada com a creatina (o que ocorre na maioria dos pré-treinos de qualidade), exerce um efeito benéfico na massa muscular magra. No estudo de Zajac e colaboradores (2010), L-arginina e L-ornitina combinadas elevam as concentrações de hormônio do crescimento e IGF-1 após o treinamento de força exaustivo, além de aumentar a vasodilatação em exercícios onde é provocada uma hipóxia muscular (restrição do suprimento de oxigênio muscular) (Casey e colaboradores, 2010). Álvares e colaboradores (2011) afirmam que, mesmo não havendo um consenso sobre os seus efeitos ergogênicos, a suplementação de L-arginina é bem tolerada por humanos. Em pacientes com doença arterial periférica, a suplementação de 3gr/dia melhorou a velocidade de caminhada nos testes em esteira (Oka e colaboradores, 2005).

Ou seja, há diversos estudos que dão crédito à L-arginina. Todos os estudos científicos igualmente devem ser vistos com olhar crítico, pois todos possuem limitações. Além do suplemento utilizado, há diversos outros fatores a serem considerados. Por exemplo, o protocolo de treinamento. Observem que no estudo citado acima, as elevações de Hormônio do Crescimento e IGF-1 se deram após um treino de força intenso. Logo, o exercício também precisa causar uma alteração no estado de homeostase no organismo.

A qualidade da composição do pré-treino também influencia a absorção da arginina. Na forma L-argina como suplementação (ou seja, de maneira exógena), alguma parte do aminoácido pode ser absorvido pelas células intestinais. Por isso, nas formas AKG, malato, HCl entre outras, o aminoácido consegue passar mais ileso pelo trato gastrointestinal e chegar na corrente sanguínea.

Coadjuvantes da arginina:

Além da arginina, podem ser acrescentados outros elementos para potencializar os resultados.

Citrulina: aumenta a expressão e a conversão de outros aminoácidos em L-arginina;

Ornitina: precursor da arginina, além de aumentar o seu tempo de ação;

Norvalina: inibidor da enzima arginase, aumenta as concentrações de arginina no sangue;

Histidina: potencializa a ligação do NO às proteínas sanguíneas, melhorando sua ação vasodilatadora;

Rutaecarpina: extraído da fruta Evodia Rutaecarpa, é um alcalóide que estimula a produção de NO, além de combater a vasoconstrição causada por estimulantes como a cafeína;

Nicotinamida Adenina Dinucleotídeo (NAD): uma das principais responsáveis pela conversão de L-argina em óxido nítrico.


Referências:

Álvares TS, Meirelles CM, Bhambhani YN, Paschoalin VM, Gomes PS. L-Arginine as a potential ergogenic aid in healthy subjects. Sports Med. 2011 Mar 1;41(3):233-48.

Casey DP, Madery BD, Curry TB, Eisenach JH, Wilkins BW, Joyner MJ. Nitric oxide contributes to the augmented vasodilatation during hypoxic exercise. J Physiol. 2010 Jan 15;588(Pt 2):373-85. Epub 2009 Nov 30.

Paddon-Jones D, Børsheim E, Wolfe RR. Potential ergogenic effects of arginine and creatine supplementation. J Nutr. 2004 Oct;134(10 Suppl):2888S-2894S.

20/07/2011

Entendendo os pré-treinos - Parte 01 - O Efeito estimulante

.

Os pré-treinos ou pre-workouts tornaram-se uma febre há algum tempo nos EUA e, mais recentemente, no Brasil. Diversos meios de comunicação ditos sérios e que deveriam passar uma informação imparcial, passam apenas preconceitos e visões distorcidas de quem nunca pisou numa academia, de quem não leva o treinamento a sério ou não coragem e determinação para isso.

Basicamente, um pré-treino vai proporcionar maior vasodiltação e “inchaço” agudo da musculatura (que ocorre normalmente após o treino, porém em maior magnitude – mulheres, não se apavorem que vocês não irão parecer culturistas com um simples pré-treino), assim como melhoras no foco e disposição. Além de já fornecerem nutrientes para recuperação muscular e diminuição do catabolismo (visto que o estímulo do Sistema Nervoso Simpático provocado por alguns estimulantes pode aumentar o catabolismo protéico, alguns já tentam remediar esse efeito). Outros adicionam itens interessantes, como ervas estimuladoras naturais da produção de testosterona (caso do Bullnox – Betancourt Nutrition – e Ravage – GNC).

Um ou outro pré-treino se diferencia de acordo com o seu foco... Alguns proporcionam excelente vasodilatação, outros potencializam o “inchaço”, outros o foco e a disposição.

Por exemplo, o Jack3d (leia-se, em inglês Jacked) é um dos mais polêmicos e um dos que mais prometem disposição e foco do mercado. Para quem termina o dia muito cansado e não tem disposição para treinar, é uma boa indicação. Porém, em termos de hipertrofia muscular, não é seu forte, porque justamente ele tenta compensar os nutrientes que não têm proporcionando muita disposição para aumentar a intensidade do treino. Seria interessante combiná-lo com um bom BCAA ou produtos que possuem excelentes combinações de BCAAs e glutamina, como o Xtend (Scivation) ou o Pwer Shock (VPX). A imprensa assusta as pessoas sobre o estímulo do Jack3d? Sim, mas alguém já faleceu por causa de um Jack3d? Lamento, mas então a venda de alguns chás fortes deveria também ser controlada, sendo o efeito estimulante de umas 4 ou 5 inocentes xícaras bem semelhante a uma dose do Jack3d. Porque não controlam também a venda de cigarros, carnes gordurosas, açúcares refinados? Esses sim, grandes causadores de colesterol alto, diabetes, Síndrome Metabólica e, consequentemente, muitas mortes por aí.

A minha observação aqui vale nos efeitos que algumas substâncias que excitam demais o Sistema Nervoso Simpático podem causar na massa muscular, caso você seja exposto por muito tempo a elas. Pode diminuir o percentual de gordura, claro; mas ao custo de massa magra (essa que mantém o metabolismo mais elevado, que mantém sua qualidade de vida e força muscular com o passar dos anos, além de uma aparência mais jovial, claro). Por isso meu conselho é alternar com outros pré-treinos que podem proporcionar mais foco e resistência, mas sem afetar tanto o estado de alerta.

Por exemplo, Power Shock (VPX) proporciona boa dose de nutrientes e bastante resistência, sem excitação. Os ingredientes queimadores de gordura do Hemorush (Nutrabolics) também são dos menos catabólicos (excelente produto para perda de gordura e ganho de massa muscular). Além do Assault (Muscle Pharm), grande sucesso nos EUA, possui estimulantes dos menos catabólicos.

E é justamente nessa parte mais polêmica que iniciaremos essa série de posts “Entendendo os pré-treinos”.

Um dos estimulantes mais utilizados são as metilxantinas (cafeína, por exemplo), estimulantes do Sistema Nervoso Central, aumentam concentração e energia. Estimulam a produção de neurotrasmissores (como a adrenalina), que transmite sinais entre as células nervosas do cérebro.

Taurina: essa age de maneira diferente, não aumentando a secreção de neutrotransmissores, mas sim melhora a transmissão dos sinais nervosos, amplificando a atividade neuromuscular.

L-Tirosina: é um aminoácido não-essencial que também atua de outra forma, na reconstituição das catecolaminas (norepinefrina, epinefrina, adrenalina, noradrenalina, dopamina etc.), atuando sinergicamente à cafeína. Melhora agilidade, concentração e também atua na “queima” de gordura e diminuição do apetite, estimulando de maneira natural os hormônios da tireóide.

L-Fenilalanina: é um aminoácido que se converte em norepinefrina e dopamina, estimulando também a concentração e agilidade.

Yohimbina: erva que é um antagonista (inibe a ação) dos receptores alfa (que, no tecido adiposo, bloqueia a ação da adrenalina nos receptores beta; ou seja, impedem a mobilização de gordura). Por isso também é utilizada em termogênicos, pois é um dos “emagrecedores” que possui maior comprovação científica (veja texto sobre esse fármaco). A Yohimbina age melhorando a ação das catecolaminas nas células nervosas, além de ser um excelente vasodilatador, agindo sinergicamente com a arginina nesse sentido.

A tão falada 1,3 Dimetilamilamina, utilizada no Jack3d, Hemorage Black Ultra Concentrate, é também conhecida como Geranamina, Metilhexaneamina ou DMAA, é um estimulante do sistema nervoso central com efeitos bem fracos quando comparada a efedrina ou outras anfetaminas, sendo mais similar à ação da adrenalina. Aumenta energia e, mais precisamente, o foco e estado de alerta. Isso talvez faça as pessoas confundirem esse sintoma com palpitações, devido à ansiedade que pode causar. A 1,3 Dimetilamilamina possui efeito moderado sobre a freqüência cardíaca de repouso. Obviamente que um hipertenso descompensado, pessoas com angina, devem escolher pré-treinos com menos estimulantes (questão de bom senso; assim como uma pessoa com colesterol elevado deve evitar carnes e queijos gordurosos).

Outros pré-treinos possuem alguns tipos de ácidos graxos benéficos à saúde que, combinados com outros nutrientes, auxiliam na queima/diminuição da síntese de gordura (Triglicerídeos de Cadeia Média, por exemplo).

Exemplos de pré-treinos com boa estimulação:

Jack3d (USP Labs), 1MR (BPI), Anarchy (VPX), Hemorage Ultraconcentrate (Nutrex), que são os mais “básicos”.

Hemorush (Nutrabolics), Morph Mega drive (ISatori), Muscle Marinade (Purus Labs), NO Shotgun (VPX) são mais completos.

13/07/2011

Ingressos para a Troy à venda


Aproveitem os preços e também evitem filas.

1º lote (10 ingressos) = 25,00

2º lote (20 ingressos) = 30,00

3º lote (30 ingressos) = 40,00

Compre os ingressos comparecendo pessoalmente na Maxximum Suplementos Alimentares e ganhe uma amostra do termogênico Oxyelite (do mesmo laboratório do Jack3d).

Evite filas, principalmente nesse frio que está fazendo nas noites de Porto Alegre, e compre antecipado.

ATENÇÃO: SÁBADO A MAXXIMUM SUPLEMENTOS ALIMENTARES ABRE DAS 15 HORAS ATÉ AS 19.

11/07/2011

O pré-treino de maior cotação nos EUA


O pré-treino com maior cotação nos EUA é a nova exclusividade da maxximum suplementos alimentares: Assault. Venha conhecê-lo.













25/06/2011

Reportagem no Programa Vida e Saúde


Vejam os benefícios do Whey Protein, em reportagem com a Dra. Graciele Tombini, no dia 18.06.2011

20/06/2011

Promoção


Olá, pessoal! Promoção da semana para quem mora em Porto Alegre. Siga no twitter @personalrafael, dê um Retweet em qualquer postagem sobre a promoção e concorra a um BCAA Radical USA.
Quem já segue, basta somente dar o Retweet em qualquer postagem sobre a promoção.
Boa sorte!

16/06/2011

Dica da semana: Anadraulic


Anadraulic constitui-se num dos pré-treinos com excelentes propriedades durante o treino e recuperação muscular.
Além de boa vascularização, resistência e foco, proporciona excelente densidade e crescimento muscular. Isso porque, além dos ingredientes comuns a muitos pré-treinos, como L-arginina, cafeína, beta-alanina, creatina (em 4 tipos: Monoidratada, Citrato, Malato e Ethyl-ester) entre outros, possui anti-aromatizantes, ou seja, diminuirá a conversão de testosterona a estrogênio. Isso aumentará os níveis de testosterona de maneira natural, de forma especial a testosterona livre, estimulando aumentos de massa muscular, além de menor retenção hídrica.

13/06/2011

Comparação entre Pré-treinos

A maxximum suplementos alimentares, visando sempre oferecer o que há de novidade e qualidade em suplementação esportiva, está focada em oferecer o que há de melhor em relação a pré-treinos ou "pre-workouts".
Vejam a tabela de comparação com os novos pré-treinos da maxximum: Assault, Cryoshock, Morph Megadrive, Bullnox e Hemorush. As notas são baseadas nas opiniões de que consome em um dos maiores e mais respeitados sites de culturismo nos Estados Unidos.

Assault 9,1

Bullnox 8,8

Morph Megadrive 8,8

Neogenix Cryoshock 8,8

Hemorush 8,8

Jack 3d – 8,8

Hemorage Concentrade 8,7

SO Shotgun 8,6

Anadraulic 8,5

SuperCharge 8,5

Superpump Max 8,5

Superpump 8,4

1M R 8,2

NO-Xplode 8,1

Yok3d - 7

VPX ANarchy 7

Nano Vapor 6,8

08/06/2011

Reportagem na Revista Época sobre Jack3d

Na Revista Época desse mês, saiu uma reportagem com o título de “Energia Duvidosa”, na qual aborda os pré-treinos, mais especificamente o famoso Jack3d. Sinceramente, não o acho o melhor pré-treino que existe, visto que o foco dele é apenas proporcionar mais disposição para treinar. Como gosto pessoal, prefiro os pré-treinos que fiquem atrás do Jack3d na questão disposição, mas que ganhem no que diz respeito a nutrientes para resistência e recuperação muscular.

Porém, esse não é o assunto que vamos abordar aqui, e sim a quantidade de bizarrices e o terrorismo feito na reportagem. Alguns podem dizer que somos uma loja e queremos vender. Não, qual é o louco que vai querer matar seu público consumidor? Alguém já viu alguém morrer devido ao uso de suplementos? “Ah, eu tive cálculo renal por conta de whey!”. Será que foi whey ou a quantidade de proteína total diária cheia de sódio e a baixa ingestão de água que ocasionou o cálculo? Sim, muito fácil colocar a culpa noutra coisa para se redimir.

Voltando ao assunto, na reportagem citava o exemplo de uma advogada que administrou o produto e passou mal. A mesma relatou que tomou o produto na hora do almoço, sendo que no rótulo diz que é para utilizar de estômago vazio. A culpa foi do Jack?

Outro ponto é sobre sua proibição. Não que a FDA nos EUA seja mais “permissiva” que a Anvisa, pelo contrário. Foi num termogênico importado que encontraram sibultramina há pouco tempo? Errado, em marca nacional que atualmente faz marketing num programa de TV aos domingos e poucas pessoas lembram disso. Certa marca nacional lançou um pré-treino com base apenas em cafeína e maltodextrina, coisa que possui um custo de produção baixíssimo e ainda tem a audácia de vendê-lo a um preço compatível ao do Jack3d. Observem o lucro que esse laboratório vai obter às custas da população brasileira, sem nenhum concorrente de qualidade superior regularizado. Alguém tem alguma dúvida porque a Anvisa não libera diversos produtos no Brasil? É certo laboratórios nacionais fabricarem whey 100% isolado com lactose, mesmo que em concentrações baixas? E se um intolerante à lactose muito sensível ingerir esse produto que possui a promessa de ser 100% livre de lactose? Afinal, quem engana o consumidor aqui?

As explicações na reportagem são mais contraditórias ainda. Porque quanto aos efeitos ergogênicos sobre os componentes é ressaltado que não há comprovação científica. Entretanto, mesmo que igualmente sobre os efeitos colaterais há somente especulações, esses são colocados de forma sutil como certeiros.

Vamos aos componentes:

“L-arginina alfa-cetoglutarato Aminoácido que aumenta a produção do gás óxido nítrico nos vasos sanguíneos. Como eles se dilatam, aumenta o fluxo de sangue, e mais oxigênio e energia chegam aos músculos. Não há comprovação de seus efeitos sobre o crescimento muscular. Pode causar palpitação, tontura e desmaio”

Anteriormente é dito na reportagem que o corpo produz uma quantidade enorme de L-arginina, por isso não seria necessária a sua suplementação. Como então uma pequena quantidade a mais iria causar todos esses efeitos colaterais? Como causaria palpitação se a L-arginina é um vasodilatador? Não há evidências concretas sobre esses efeitos.

Segundo Paddon-Jones e colaboradores (2004), a arginina, combinada com a creatina, exerce um efeito benéfico na massa muscular magra. No estudo de Zajac e colaboradores (2010), L-arginina e L-ornitina combinadas eleva as concentrações de hormônio do crescimento e IGF-1 após o treinamento de força exaustivo, além de aumentar a vasodilatação em exercícios onde é provocada uma hipóxia muscular (restrição do suprimento de oxigênio muscular) (Casey e colaboradores, 2010). Álvares e colaboradores (2011) afirmam que, mesmo não havendo um consenso sobre os seus efeitos ergogênicos, a suplementação de L-arginina é bem tolerada por humanos. Em pacientes com doença arterial periférica, a suplementação de 3gr/dia melhorou a velocidade de caminhada nos testes em esteira (Oka e colaboradores, 2005).

Ou seja, há diversos estudos que dão crédito à L-arginina. Todos os estudos científicos igualmente devem ser vistos com olhar crítico, pois todos possuem limitações. Além do suplemento utilizado, há diversos outros fatores a serem considerados. Por exemplo, o protocolo de treinamento. Observem que no estudo citado acima, as elevações de Hormônio do Crescimento e IGF-1 se deram após um treino de força intenso. Logo, o exercício também precisa causar uma alteração no estado de homeostase no organismo.

“Creatina mono-hidratada Aminoácido aprovado na forma isolada pela Anvisa. Sua comercialização misturada a outras substâncias está proibida no brasil. Fornece energia para os músculos. Pode elevar a pressão arterial.”

Numa postagem anterior, fizemos diversos textos sobre a suplementação de creatina. Não há evidências que a suplementação de creatina aumente a pressão arterial de maneira significativa. Tanto que, clinicamente, usa-se esse suplemento por grandes intervalos de tempo em pacientes com doenças degenerativas, sem quaisquer alterações na pressão arterial ou em marcadores de função renal ou hepática.

Claro que tudo o que é demais não é bom. Obviamente, se você consumir um pote de creatina por dia, poderá ter problemas. Assim como consumir carne vermelha, chocolate, sal e afins em excesso poderá ter diversos problemas, como triglicerídeos, colesterol e pressão arterial altos. E nem por isso esses produtos são vendidos com controle.

Igualmente não há evidência de que o consumo combinado, por exemplo, com cafeína, poderia trazer malefícios à saúde.

“1,3 dimetilamilamina De onde vem o “3d”. Em combinação com a cafeína, é usada para queimar gordura. é considerada doping. Por ser um estimulante do sistema nervoso, há suspeitas de causar dependência.

Cafeína composto químico excitante. No rótulo, a quantidade não está declarada, mas o fabricante afirma que mais de três doses podem causar efeitos indesejados, como insônia, taquicardia e dificuldade de concentração

Schizandrol A. Aumenta as concentrações de dopamina e serotonina no cérebro, substâncias que estimulam a sensação de prazer e bem-estar. Há poucos estudos sobre seus efeitos realizados em humanos.”

Na realidade, a 1,3 dmetilamilamina é proibida pelo COI mais por falta de evidência de seus efeitos do que qualquer outro fator. Ela, claro, é estimulante do sistema nervoso. Em 200 ml de Coca-Cola, a quantidade de cafeína por chegar a 46mg. Uma xícara de café ou chá forte possuem de 50 a 70 mg de cafeína. Até pouco tempo atrás, concentrações maiores que 12mg/mL de cafeína era considerada doping. Coca-Cola, café ou chás possuiam venda controlada?

Imaginem as pessoas que consomem 2, 3 litros de Coca-Cola por dia! Aqui vale o que foi colocado anteriormente, tudo em excesso não faz bem. Por isso, no Jack3d há um medidor que deve ser respeitado. Achou muito forte a dose? Use meia dose.

Schizandrol aumenta as concentrações de dopamina e serotonina no cérebro, assim como chocolate, exercício... Precisamos comentar mais alguma coisa?

Observem o terrorismo com que foi tratado o assunto. É de se perguntar, por quê tudo que se refere a exercícios físicos, suplementação, a população leiga vê como ilegal, estranho e rotula como malefício? Em algumas academias, as pessoas que treinam intensamente, são observadas, muitas vezes, com olhares de reprovação. Para essas pessoas, isso é determinação. Seria melhor elas ficarem em casa, sendentárias como futuras candidatas a diabetes, pressão alta?

Com suplementos acontece a mesma coisa. As pessoas rotulam como “bomba”, que faz “mal” e o fazem com um cigarro entre os dedos, com seus fígados gordurosos devido ao consumo de gordura e àquele pastel diário regado a óleo utlizado por semanas na fritura.

Que a imprensa e a própria Anvisa deixem de ser hipócritas e parem de procurar assunto para fazerem terrorismo, ao invés de atacarem a indústria milionária do tabaco, do álcool que destroem vidas, famílias...

Referências

Álvares TS, Meirelles CM, Bhambhani YN, Paschoalin VM, Gomes PS. L-Arginine as a potential ergogenic aid in healthy subjects. Sports Med. 2011 Mar 1;41(3):233-48.

Casey DP, Madery BD, Curry TB, Eisenach JH, Wilkins BW, Joyner MJ. Nitric oxide contributes to the augmented vasodilatation during hypoxic exercise. J Physiol. 2010 Jan 15;588(Pt 2):373-85. Epub 2009 Nov 30.

Oka RK, Szuba A, Giacomini JC, Cooke JP. A pilot study of L-arginine supplementation on functional capacity in peripheral arterial disease. Vasc Med. 2005 Nov;10(4):265-74.

Paddon-Jones D, Børsheim E, Wolfe RR. Potential ergogenic effects of arginine and creatine supplementation. J Nutr. 2004 Oct;134(10 Suppl):2888S-2894S.

Zajac A, Poprzecki S, Zebrowska A, Chalimoniuk M, Langfort J. Arginine and ornithine supplementation increases growth hormone and insulin-like growth factor-1 serum levels after heavy-resistance exercise in strength-trained athletes. J Strength Cond Res. 2010 Apr;24(4):1082-90.

06/06/2011

Novos Pré-treinos

Os pré-treinos mais bem cotados nos EUA e Canadá, na maxximum suplementos alimentares.




















Bullnox. O Pré-treino que também estimula a produção natural de testosterona. Também no prático formato de pastilhas comestíveis, sabor piña colada.



















Nutrabolics Hemorush e Neogenix Cryoshock, um dos pré-treinos mais conceituados nos EUA. O Cryoshock possui a mesma substância que proporciona o foco e a disposição do Jack3d (1,3-Dimetilamilamina), porém com muito mais nutrientes. Exclusividade da maxximum suplementos alimentares.

02/06/2011

Dica da semana: Scivation Xtend


Leucina, isoleucina e valina são conhecidos como aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA´s) e constituem 1/3 do conteúdo protéico muscular. Desses, a leucina é o mais estudado, por sua oxidação ser maior que da isoleucina e da valina. A Leucina também estimula a síntese protéica muscular e é fortemente associada com a formação de precursores da gliconeogênese, como a alanina. Diminuições significativas são observadas nos níveis de leucina após atividades aeróbicas (11 a 33%), anaeróbias láticas (5 a 8%) e treinamentos de força (30%). No músculo esquelético, há um declínio nos níveis de leucina e uma redução no estoques de glicogênio durante o exercício aeróbico exaustivo. Os níveis basais de leucina em jejum diminuem em torno de 20% durante 5 semanas de treinamento de corrida ou treinamento de força em atletas treinados em potência(assumindo-se que o conteúdo de leucina possa variar entre 5 e 10%) , com uma ingestão protéica de 1,26 g/Kg do peso corporal (indicando que essa quantidade de proteína ingerida não consegue repor os estoques basais de leucina).

Há sugestões que a ingestão de leucina seja aumentada para, no mínimo, 14 a 45mg/kg do peso corporal/dia em indivíduos sedentários e ainda mais para a população que pratica atividades físicas intensas a fim de otimizar a síntese protéica. O consumo de BCAA (30 a 35% de leucina) antes e durante os exercícios aeróbicos podem prevenir ou diminuir a taxa de degradação protéica, melhorar a performance física e mental e minimizar a degradação dos estoques de glicogênio. Durante 5 semanas de treino de força e potência, a suplementação de leucina (50 mg/Kg peso corporal/dia) com uma ingestão protéica de 1,26 g/Kg peso corporal/dia, parece prevenir a diminuição dos níveis de leucina em pessoas treinadas em força.

A suplementação de BCAA (76% de leucina) combinada com moderada restrição calórica tem mostrado induzir a uma preferencial perda de tecido adiposo visceral e permite a manutenção do desempenho em atividades física. Noutro estudo, a suplementação de 4g/dia de leucina após 12 semanas de treinamento de força provocou aumentos na força (teste de 5 repetições máximas).

Sugere-se também que a suplementação de leucina seja utilizada em condições específicas de perda de massa muscular (envelhecimento e doenças crônicas), pois associada a um treinamento de força, auxilia na hipertrofia muscular. A associação de whey protein com leucina (16,6 g de whey + 3,4 g de leucina) em indivíduos jovens após o treinamento de força provocou um estado anabólico maior se comparado à ingestão somente de whey protein.

Nesse sentido, o Xtend torna-se um suplemento ideal para estimular a síntese protéica e promover melhor recuperação tanto em treinos de força quanto aeróbicos. Isso por conter grandes quantidades de BCAA´s, especialmente leucina. Por exemplo, utilizando duas doses na antes e mais duas doses durante o treino, obtêm-se 7g somente de leucina. Além dos outros BCAA´s e glutamina, que além de contribuir para a recuperação muscular, atua no sistema imunológico. Há também a L-citrulina, que aumenta a expressão da arginina no plasma sanguíneo e acelera a conversão de outros aminoácidos em arginina, promovendo a vasodilatação, melhorando a contratilidade e a nutrição muscular.

Fica a dica da semana maxximum suplementos alimentares.

Bons Treinos!

Referências:

Ispoglou T, King RF, Polman RC, Zanker C. Daily L-leucine supplementation in novice trainees during a 12-week weight training program. Int J Sports Physiol Perform. 2011 Mar;6(1):38-50.

Little JP, Phillips SM. Resistance exercise and nutrition to counteract muscle wasting. Appl Physiol Nutr Metab. 2009 Oct;34(5):817-28.

Mero A. Leucine supplementation and intensive training. Sports Med. 1999 Jun;27(6):347-58.

Tipton KD, Elliott TA, Ferrando AA, Aarsland AA, Wolfe RR. Stimulation of muscle anabolism by resistance exercise and ingestion of leucine plus protein. Appl Physiol Nutr Metab. 2009 Apr;34(2):151-61.

27/05/2011

Pré-treino Cryoshock

.

Imagine a disposição de um Jack3d, porém com muuito mais nutrientes, mais vasodilatação e mais pump. O Cryoshock, da Neogenix proporciona isso. Um dos pré-treinos mais bem cotados nos Estados Unidos.



24/05/2011

Dica da semana: VPX Meltdown - com estudo científico

.
Um dos melhores termogênicos na minha opinião. Ele possui uma ação prolongada, possuindo um efeito termogênico de longa duração, além de "proteger" a queima de gordura, por conter iohimbina. A iohimbina age bloqueando os receptores alfa do tecido adiposo que justamente evita a mobilização de gordura como fonte de energia.
Um estudo realizado por Hoffman e colaboradores (2009) comprova o efeito desse termogênico. Um aumento de 28,9% no consumo de oxigênio de repouso durante 3 horas foi observado, além de um aumento da utilização de gordura como fonte de energia no grupo que utilizou o meltdown.

Fica aqui a dica da semana maxximum suplementos alimentares, apoiada na literatura científica.
Bons treinos!

Referência:
Hoffman JR, Kang J, Ratamess NA, Rashti SL, Tranchina CP, Faigenbaum AD. Thermogenic effect of an acute ingestion of a weight loss supplement. J Int Soc Sports Nutr. 2009 Jan 6;6:1.

Composição

18/05/2011

Dica da semana


Agora toda semana em nosso blog, teremos a indicação do produto da semana.

Chegando o inverno e muitos querendo aumentar de peso, a sugestão da semana é o Cellmax da Radical USA. Ingerindo-o antes de dormir e/ou após o treino, você terá ganhos muito bons por contribuir para a reparação muscular após treinos intensos.

Para mais informações sobre o produto:

17/05/2011

Reportagem na Zero Hora sobre Bcaa´s


Saiba o que são os poderosos BCAA'S, aminoácidos que fornecem energia aos músculos

A suplementação desses aminoácidos pode apresentar efeitos anabólicos no metabolismo

Em inglês, a sigla significa Branched Chain Amino Acids. Em alta quando o assunto é nutrição, os BCAA's também são conhecidos como aminoácidos de cadeia ramificada, composto por três aminoácidos essenciais — leucina, isoleucina e valina. Por não serem produzidos em nosso organismo, precisamos obtê-los pela alimentação: carnes em geral, ovos, leite e seus derivados são ricos na substância, assim como os suplementos. A proteína isolada do soro do leite, a famosa whey protein, é uma das fontes mais ricas.

Segundo a nutricionista da rede Mundo Verde, Thais Souza, aproximadamente 17% dos BCAA's são encontrados nas proteínas dos músculos, para os quais esses aminoácidos fornecem até 16% de energia.

Estudos apontam que a suplementação de aminoácidos de cadeia ramificada em praticantes de atividades físicas geram estímulo da síntese proteica, retardo da ocorrência de fadiga, aumento do rendimento esportivo, preservação dos estoques de glicogênio muscular e aumento dos níveis plasmáticos de glutamina.

A suplementação de aminoácidos de cadeia ramificada, em especial, a leucina, pode apresentar efeitos anabólicos no metabolismo, aumentando significativamente a taxa de síntese, diminuindo a taxa de degradação de proteína na musculatura em repouso e, consequentemente, reduzindo a possibilidade de lesão muscular pós-exercício.

Acredita-se também que a suplementação de aminoácidos de cadeia ramificada pode reduzir a formação da serotonina, melhorando o desempenho esportivo e retardando a fadiga.

Durante exercícios de intensidade moderada a alta e de longa duração, situação na qual há maior gasto energético, é sabido que, mesmo não sendo a principal fonte para o processo de contração muscular, os aminoácidos atuam como tal durante o estresse metabólico. Para suprir a demanda, o corpo os busca no tecido muscular, criando uma situação de catabolismo, conforme explica Thais:

— Ao suplementar BCAA's, há uma tentativa de suprimir essa demanda, podendo acelerar o processo de recuperação da musculatura. Eles podem ser utilizados para recuperação mais rápida e eficiente entre treinos e competições seguidas — afirma a nutricionista.

CADERNO VIDA ZH

Bullnox experience...

Depois do treino de peito.

Antes do treino, ele dá uma boa pilha e disposição, formiga bem (ainda acho que o Ravage formiga mais, por conta da beta-alanina). Durante o treino um bom foco e pilha, além de aumentar a termogênese (você se sente mais quente também).

Pós-treino, ele dá uma vasodilatação satisfatória (Shotgun e Ravage dão mais), mas o inchaço é ALGO. Dá um inchaço muscular excelente, com muita qualidade.

Seria interessante testá-lo por algumas semanas, visto que ele tem estimulantes naturais de testosterona.

Veja mais relatos na Fan Page do Facebook:

http://www.facebook.com/group.php?gid=119423671445226

10/05/2011

Facebook

Amigos,

curtam no Facebook a Maxximum Suplementos Alimentares:


Aguardamos vocês lá.

02/05/2011

Ingressos para próxima Troy já estão à venda.

Passe na Maxximum Suplementos para comprar o primeiro lote dos ingressos da próxima Troy e ganhe de brinde uma dose do Oxyelite (termogênico que possui a mesma substância que proporciona a disposição do famoso Jack 3d).

27/04/2011

Blend de Proteínas - pra quê serve?


O Matrix Micellar Casein da Syntrax é importante para pessoas que necessitam de um aporte maior de proteínas com diferentes níveis de absorção.

A Caseína Micellar é uma proteína derivada do leite que, ao contrário de outras caseínas, não é desnaturada durante seu processo de obtenção, o que permite alcançar concentrações de até 80% de caseína e 20% de proteínas derivadas do soro do leite (Whey Protein); ou seja, trata-se de uma proteína pura e super concentrada que fornece excelentes quantidades de aminoácidos e por isso atua de maneira mais eficaz na nutrição das fibras musculares fornecendo substratos suficientes para sustentar a massa magra e evitar o catabolismo.

Quando é a melhor hora para usar 5.0 Matrix?

Por conter proteínas que são metabolizadas de forma rápida e lenta, é uma fonte de proteína ideal para qualquer hora do dia. Algumas pessoas vão consumir uma rápida fonte de proteína na qualidade, como whey protein depois de um treino e consumir uma fonte de proteína lenta, como a caseína, antes de deitar. Matrix 5.0 contém caseína (lento), ovo (médio) e whey protein (rápida) e é ideal para qualquer situação. Tem a capacidade de bombardear a massa magra rapidamente com aminoácidos, bem como fornecer ao corpo esses mesmos nutrientes durante um período maior de tempo.

Matrix é uma proteína superior para pacientes em condições médicas, como cirurgia bariátrica? Sim! O perfil de aminoácidos da Matrix é o melhor comparado com qualquer proteína no mercado. Além disso, ela fornece os benefícios exclusivos de três proteínas diferentes concentradas, oferecendo assim a melhor oportunidade para aumentar a saúde e bem estar, otimizar massa magra, manter o status antioxidante ideal, proteger o sistema imunológico, os rins e etc

15/04/2011

Horário de Sábado

Para informação geral, aos sábados a Maxximum Suplementos Alimentares tem expediente das 14 hs às 18:30 hs.

Ingressos da Troy à venda no local:
Primeiro Lote: 30 reais
Segundo Lote: 40 reais


06/04/2011

BSN NO XPlode


Pré-treino NO Xplode, da BSN:
Proporciona mais energia, melhora da performance e motivação;
Aumenta o fluxo sanguíneo e o consumo de oxigênio;
Mais força e foco durante os treinos;
Uma vez que você experimenta, não consegue mais treinar sem.

Promoção imperdível Radical USA

Adquira seus produtos da marca que utiliza a mesma matéria-prima da consagradíssima BSN.
Consulte-nos.


Whey Peptopro: ótimo whey hidrolisado, que proporciona uma rápida e eficiente recuperação muscular.
















Pré-treino Oxygen: obtenha mais fôlego, resistência e vasodilatção (nutrindo melhor sua musculatura).










Pós-treino Cellmax: acelere sua recuperação e tenha ótimos ganhos com CellMax.

30/03/2011

Pré-treino Ravage (GNC)


Super lançamento nos EUA, o novo pré-treino da GNC é ultra concentrado, com nutrientes para um treino mais intenso, maior pump e incrível vasodilatação, resistência e foco. Além de nutrientes para recuperação muscular.

22/03/2011

Vasodilatador Plasmajet - Gaspari nutrition

Excelente vasodilatador com nutrientes para hipertrofia muscular da Gaspari Nutrition.

- "Pump" muscular;
- Aumentos de massa muscular, força e resistência;
- Aumento dos depósitos de glicogênio muscular;
- Vasodilatação máxima;
- Aumenta absorção de aminoácidos e outros nutrientes.

17/03/2011

VPX Redline Ultra Hardcore



Um dos melhores termogênicos disponíveis no mercado mundial, obviamente feito por uma das melhores marcas do mundo, a VPX.
Absorção ultra rápida e ação por horas.

09/03/2011

Pra começar de fato o ano...


Produtos para começar o ano de fato...


Voltar aos treinos com força total?













Ravage: o que há de mais moderno e última novidade em pré-treinos nos EUA. Ótimo produto da GNC, proporciona foco, excelente vasodilatação e foco nos treinos. Treine mais intenso e ajude na recuperação pós-treino com esse excelente produto que é exclusividade da maxximum suplementos.



















Muscle Marinade: ótimo pré-treino, da Purus Labs. Quantidade e concentração excelente de nutrientes tanto para os treinos quanto para a recuperação muscular. Um dos melhores pré-treinos existentes atualmente.





















Nano Vapor (cápsulas): o conceituadíssimo pré-treino da Muscletech feito para aqueles que não toleram os sabores dos pré-treinos.

Queimar as gorduras acumuladas nessas férias?




















Oxyelite Pro: do mesmo laboratório do Jack 3d, a nova febre das academias no Rio de Janeiro. Proporciona foco e auxilia na queima de gordura.



















Ripped Juice: possui excelente ação termogênica, auxiliando bastante a queima de gordura.


















Meltdown: do mesmo laboratório do NO Shotgun e do Redline, a VPX. Termogênico de ação lenta (6 horas), ao mesmo tempo que auxilia a queima de gordura, protege essa ação, bloqueando os receptores que impedem a queima de gordura (ou seja, onde se possui mais dificuldade de queimá-las).